terça-feira, 4 de agosto de 2009

Maria Carolina Machado é pedagoga, servidora pública do Ministério da Educação e, para completar, atriz do Teatro do Concreto. Iniciou a graduação em Artes Cênicas, na UnB, mas, na verdade, acabou terminando uma especialização em Arte, Educação e Tecnologias Contemporâneas. Entrou no grupo em 2004 e, desde então, construiu vários enredos e personagens, como a “Brasília” de Diário do Maldito; a “Isabela” da pesquisa sobre Commedia Dell' Arte - Ghegança; integrou a série de intervenções urbanas sobre o tema amor e abandono Ruas Abertas; a leitura dramatizada do texto Inútil canto e Inútil pranto pelos anjos caídos; e escreveu a dramaturgia do espetáculo Borboletas têm vida curta. Durante os primeiros semestres de Artes Cênicas, ganhou o prêmio de melhor atriz com a esquete Convite, no Calouradas Populares da Unb; fez a personagem “Moema” em Senhoras dos Afogados - dirigida por Hugo Rodas; e a performance “A maçã”, no ciclo de performances sobre Artaud – O Plano Erótico Interno. Hoje, além de circular com o Diário do Maldito, pesquisa o tema amor e abandono para a montagem do novo espetáculo do Teatro do Concreto.

Marcadores: ,

1 Comentários:

Blogger erick bandeira disse...

Ola.. tudo bem? Estive ontem na peça Diario do Maldito quando tive a oportunidade de te conheçer. Gostaria de te adicionar no orkut mas não sei seu e-mail. Ficarei muito feliz se vc pudesse me add.

Parabéns pela apresentação, vc canta super bem e a peça é interessante.

abço

p.s. esse é meu link e minha pagina no myspace:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=4722960668584735856

www.myspace.com/erickbandeira

1 de fevereiro de 2010 03:13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial