quarta-feira, 22 de julho de 2009

Ruas Abertas

A cidade é isso mesmo que você está vendo mesmo que você não esteja vendo nada. eixos que se cruzam. pessoas que não se encontram(Nicolas Behr)


video

A intervenção cênica, Ruas Abertas, compreende uma das etapas do processo de pesquisa e montagem de espetáculo teatral a partir das investigações iniciadas pelo Teatro do Concreto em 2008 acerca do tema Amor e Abandono.
A proposta deste tema para nortear a nova montagem do grupo é fruto da busca incessante de seus artistas por assuntos que afligem o homem contemporâneo. A rotina caótica de uma grande cidade; o individualismo e a solidão latentes na sociedade contemporânea; a transitorialidade das relações afetivas, do contato com o outro, as mudanças de referenciais de tempo-espaço, a relação dos homens com os espaços de convívio, a perecibilidade do ser humano frente aos avanços tecnológicos: todas estas foram questões que instigaram o Teatro do Concreto a buscar o tema deste novo espetáculo.Essa proposta temática começou a se desenhar durante o processo de construção do último espetáculo do grupo - Diário do Maldito. Foi justamente ao aprofundar num universo de temas e personagens de profunda dureza, cheios de angústias, inquietações e que também experimentavam as infinitas formas de amor e abandono que esta temática começou a nascer. Como naquele momento o foco do trabalho era a questão da marginalidade e do papel do artista, muitas das cenas e improvisações que tocavam em questões como relação amorosa, saudade, família, perda, entre outras, não foram aproveitadas. Portanto, era preciso criar um espaço para mergulhar em nós mesmos e poder transformar em arte nossas inquietações sobre amor e abandono na sociedade contemporânea. Então, a partir de meados de fevereiro de 2008 o grupo iniciou uma intensa pesquisa sobre o tema, continuando a trabalhar na perspectiva do Processo Colaborativo de criação.
A partir dessas cenas e improvisações, o grupo decidiu “abrir” o seu processo criativo para que o mesmo fosse afetado por outros estímulos e sujeitos. Assim, participou do Festival Internacional de Teatro de Brasília Cena Contemporânea 2008, onde realizou a intervenção cênica Ruas Abertas. Por ser um grupo profundamente identificado com a cidade de Brasília e com as possibilidades de diálogo que o seu significado simbólico e real possibilita o Teatro do Concreto, buscou para a realização dessa intervenção cênica, espaços urbanos que pudessem expressar o corre-corre cotidiano, a linearidade de uma agenda a ser cumprida, a falta de tempo para sentir. A partir dessa reflexão o espaço escolhido para as apresentações foi a rodoviária do Plano Piloto e três faixas de pedestres que a circundam. Um ponto central da capital que, no horário escolhido para intervenção – 17h –, vive o pico do trânsito de automóveis e pedestres. Os atores encenavam no tempo em que o sinal estava fechado para os carros e aberto para os transeuntes.
A intervenção que compreendia Ruas Abertas, além de trazer outras possibilidades de linguagem para o Festival, proporcionou uma experiência única de encontro entre atores e público numa espécie de “contaminação” mútua que impactou sobremaneira os caminhos de nossa pesquisa, apontando três eixos que poderiam ser verticalizados para a continuidade do trabalho e criação do espetáculo: possibilidades de relação/interação com o público; exploração do espaço urbano e o diálogo com outras linguagens artísticas (dança contemporânea, instalação e performance).

FICHA TÉCNICA
Criação: Teatro do Concreto
Direção: Francis Wilker
Assistente de Direção: Aline Seabra
Dramaturgia: Jonathan Andrade
Elenco:Alonso Bento, Gleide Firmino, Jhony Gomantos, Juliana Sá, Lisbeth Rios, Maria Carolina Machado, Micheli Santini, Nei Cirqueira, Silvia Paes e Zizi Antunes.
Produção Executiva: Ivone Oliveira
Assessores de Produção: Celma Loci, Elvis, Galdino Rebouças, Lorena Maria e Silva, Luciana Amaral e Thiago Nery.
Pesquisa e Direção Musical: Daniel Pitanga

Marcadores: ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial